Curso

Prevenção ao suicídio é tema de novo curso da UNA-SUS/UFSC

Com carga-horária de 30h, o curso tem como objetivo preparar os profissionais de saúde para identificar fatores de risco e desenvolver estratégias de manejo sobre o comportamento suicida.

- Cissa Paranaguá



Profissionais de saúde interessados em aprofundar os conhecimentos para a prevenção ao suicídio, já podem se inscrever no mais novo curso da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), uma instituição integrante da Rede UNA-SUS. O curso é livre, totalmente gratuito e tem início imediato. As matrículas podem ser realizadas até 30 de novembro de 2020, pelo link.

No Brasil, entre 2007 e 2016, foram registrados, no Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, 106.374 óbitos por suicídio. Em 2016, a taxa chegou a 5,8 por 100 mil habitantes, com a notificação de 11.433 mortes por essa causa. Atualmente, a OMS reconhece este fenômeno como um dos maiores problemas de saúde pública e, por isso, a extrema importância no seu processo de prevenção.

Segundo a coordenadora do curso, Elza Berger Salema Coelho, o suicídio é um fenômeno complexo e de origem multifatorial, portanto é necessário que seja visto e compreendido em diferentes vieses na Atenção Primária à Saúde.

“Como as unidades básicas de saúde são a porta de entrada de preferência do usuário que ingressa o SUS, é necessário que exista uma articulação entre os pontos de atenção da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e a equipe da atenção primária para o fortalecimento da prevenção do suicídio”, destaca a coordenadora.

Além disso, Coelho enfatiza a necessidade de articulação interna, da própria rede de saúde, integrando os serviços de urgência e emergência com a rede de atenção primária para realizar o cuidado longitudinal no âmbito das políticas de assistência social e da proteção e garantia dos direitos humanos. “E é por isso que os profissionais de saúde podem ser dispositivos-chave na formação da rede de saúde para atendimento e apoio social”, frisa.

O curso foi desenvolvido em parceria com o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Nacional de Saúde do Homem, com o objetivo preparar os profissionais de saúde para identificar fatores de risco e desenvolver estratégias de manejo sobre o comportamento suicida. 

Para isso, são tratadas, nas unidades de estudo deste curso, propostas de abordagens para identificar a ideação suicida e de cuidado com os indivíduos que tentaram cometer o suicídio. A primeira unidade traz o contexto epidemiológico do suicídio e mostra o potencial da Atenção Primária na prevenção. A segunda unidade apresenta instrumentos para a prevenção e notificação do suicídio. A terceira e última unidade trata das estratégias de manejo da pessoa em situação de risco e o cuidado longitudinal da pessoa com risco confirmado e após a tentativa do suicídio. 

“Espera-se que o profissional consiga ampliar seu conhecimento sobre o suicídio e com isso, desenvolver ações voltadas para a redução destas mortes precoces na sua comunidade”, reitera a coordenadora.

Para saber mais sobre esse e outros cursos UNA-SUS acesse: www.unasus.gov.br/cursos


Fonte SE/UNA-SUS