Acesso à informação
Suporte

Você está aqui

Dengue

É possível vencer o mosquito Aedes aegpty sem saneamento básico?

O Revista Brasil convidou Léo Heller, relator especial das Nações Unidas para o direito humano à água e ao saneamento, para analisar a oferta de saneamento básico no Brasil e o combate aos focos do mosquito transmissor da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya.

Governo vai investir R$ 649 mi no enfrentamento a zika e Aedes aegypti

O governo anunciou nesta quarta-feira (23) a aplicação de R$ 649 milhões em ações de combate ao Aedes aegypti e às doenças transmitidas pelo mosquito – zika, dengue e chikungunya. Os recursos serão aplicados no diagnóstico, controle vetorial, pesquisas sobre o zika vírus, vacinas, tratamentos e inovação em gestão de serviços de saúde, saneamento e de políticas públicas. Em cerimônia no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff explicou que 93% desses recursos serão aplicados até 2018, ao final de seu mandato.

Palavras Chave: 

Teste nos EUA aponta que vacina do Butantã contra dengue é eficaz

Um teste feito pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH, na sigla em inglês) revelou que a vacina contra a dengue desenvolvida em parceria com o Instituto Butantã oferece proteção completa contra o vírus. 

A terceira e última fase dos ensaios clínicos da vacina começou em fevereiro e está sendo feita no Brasil pelo instituto. Os testes incluem a imunização de 17 mil voluntários humanos, que serão acompanhados ao longo de alguns anos.

Palavras Chave: 

Boletim Eletrônico, da Biblioteca de Manguinhos/Fiocruz, aborda o Aedes Aegypti e doenças transmitidas pelo inseto

Em edição especial (de número 82), o Boletim Eletrônico da Biblioteca de Manguinhos, da Fiocruz, está abordando tópicos referentes ao Mosquito Aedes Aegypti, bem como as doenças transmitidas pelo inseto, como dengue chikungunya e zika.

Palavras Chave: 

Visitas alcançam 88,8% dos domicílios brasileiros

A primeira fase da mobilização nacional para o combate ao mosquito Aedes aegypti alcançou 88,8% dos domicílios e prédios públicos, comerciais e industriais brasileiros. As equipes para identificação de focos e orientação da população sobre medidas de proteção ao vetor foram a 59,6 milhões de estabelecimentos, entre os primeiros dias de janeiro e 29 de fevereiro. Os números fazem parte do balanço do primeiro ciclo divulgado pela Sala Nacional de Coordenação e Controle para o Enfrentamento da Dengue, Chikungunya e Zika (SNCC).

Palavras Chave: 

Governo está fazendo tudo que é necessário para o combate ao Aedes aegypti, diz ministro

O ministro da Saúde, Marcelo Castro, assegurou que o Brasil está tomando todas as medidas necessárias para combater o mosquito Aedes aegypti e à microcefalia. O detalhamento das ações do governo federal foi apresentado nesta quinta-feira (25), em Brasília, durante a sessão de debates temáticos realizada no plenário do Senado sobre a situação do vírus Zika no país.

Palavras Chave: 

Projeto da Fiocruz é alternativa no controle de Aedes

O projeto de pesquisadores do Instituto Leônidas e Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazonas) e do Centro de Pesquisas René Rachou (CPqRR/ Fiocruz Minas), que utiliza mosquitos no combate de doenças como dengue, chikungunya e zika,  foi o único escolhido, pelo Ministério da Saúde (MS), como uma das principais novas alternativas para o controle do Aedes aegypti no Brasil. A metodologia será incorporada, ainda sem data, nas diretrizes nacionais de controle do vetor.

Diretora-geral da OMS elogia transparência e empenho do governo brasileiro no combate ao Aedes aegypti

A diretora-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Chan, afirmou está satisfeita com a liderança e o empenho da presidenta Dilma Rousseff, do ministro da Saúde, Marcelo Castro, e de todo o governo brasileiro para o combate do mosquito Aedes aegypti. Ao conversar com jornalistas, antes da Reunião de Alto Nível realizada nesta segunda-feira (23) em Brasília, Margaret Chan elogiou a seriedade, transparência e agilidade com que o Brasil tem lidado com a situação.

Palavras Chave: 

Mutirão dá continuidade às ações de combate ao Aedes

A partir de hoje, até a próxima quinta-feira (18), 55 mil militares das Forças Armadas se unem aos mais de 46 mil agentes comunitários de saúde e 266 mil agentes comunitários de saúde, na terceira etapa da mobilização nacional para combate ao Aedes aeqypti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e Zika. Eles percorrerão 270 municípios em busca de criadouros do vetor e para a eliminação de possíveis focos.

Palavras Chave: 

Ministério da Saúde abre novo canal para auxiliar no combate ao Aedes

Os Agentes Comunitários de Saúde, Agentes de Combate às Endemias e os militares têm um novo canal de informações para o combate ao Aedes aegypti: o telefone 0800 645 3308. O serviço, disponível a partir desta segunda-feira (1º/2), oferece suporte para esclarecimento de dúvidas sobre identificação de focos do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika, além da mobilização da população para o enfrentamento ao vetor.

Palavras Chave: 
Subscribe to RSS - Dengue